English version
  Versão em Português

   O Club
   O Bulldog
   Ranking
   Os criadores
   Os Criadores Estrangeiros
   Os Sócios Contribuintes
   Aonde estamos
   Como se associar
   Serviços BCB (para sócios)
   BulldogStore
   Filhotes para venda


Criação


    HOME | Mapa do Site | Entre em contato | Outros Links | Entrada de Sócios



Criadores Éticos de cães da raça Bulldog Inglês (Bulldoggers) Não Criam Cor - Criam Bulldog

As dúvidas sobre cores da pelagem do bulldog podem ocorrer. Não seja feito de tolo. Bulldog com cor fora do padrão não tem valor de mercado. Conheça as cores admissíveis na raça Bulldog. PÊLO & COR - Considerações sobre o Standard da raça Bulldog



Bulldog apresentado como de "Cor Rara", ou de "Cor Exótica" esse é o marketing fraudulento utilizado, apenas conversa fiada para enganar trouxa. Cuidado com pessoas má intencionadas que fazem mestiçagem para alterar a cor dos cães da raça bulldog e vendem os filhotes como cão de pura raça

Considerações sobre o Standard da Raça Bulldog

PÊLO E COR:

Manto


O manto deve ter uma boa pelagem rasa, compacta, brilhante e suave.

O standard prevê um pêlo brilhante, curto, com cores uniformes, ou com marcações de tigrado (raias). Antes se dispunha uma gradação de preferências, hoje não existe tal condição.

Não são admitidas cores únicas como: fígado e negro. Apesar de não serem desqualificantes são cores descritas no padrão como "altamentes indesejáveis" e tais cores desvalorizam em demasia um bulldog tornando-o um tipo "out-breed" (tradução: "bulldog fora do padrão")

A pigmentação do nariz deve ser completamente negra e os olhos taxativamente escuros, já que os exemplares com o manto claro poderiam apresentar degenerações tendentes para o albinismo o que resultaria em bulldogs com olhos azuis ou verdes e de nariz com cor rosa ou cor de carne. Não se especifica precisamente a cor das bordas das mucosas labiais. Somente ao ver-se um bulldog com manto branco ou de pelagem muito clara que apresente as bordas das pálpebras despigmentadas isso se converte em defeito; tais cães não estarão excluídos pelo standard porém é melhor evitá-los, já que distorcem a explanação geral do standard do cão, pois o standard cita que a "máscara negra faz parte do standard do Bulldog", e para que tenha máscara negra necessariamente as bordas dos olhos devem ser pigmentadas de negro (ou pigmentada em sua maior área) e nunca totalmente despigmentadas. Sendo altamente desejável que as bordas das pálpebras e sejam inteiramente pigmentadas de negro.

Cores do Bulldog, descrição:

O manto é de cor uniforme, não deve apresentar manchas tipo pastilhas (como existem nos cães raça braco alemão e pointer, por exemplo), é dizer, manto de cor de pêlo uniforme com máscara negra (área ao redor dos olhos) e/ou mordaça negra (área ao redor do nariz e face inferior).

Somente se admitem as cores uniformes (que devem ser brilhantes e puras). São elas :

Vermelho sólido;
Vermelho em todas as suas matizes;
leonado sólido;
leonado em todas as suas matizes;
castanho sólido;
fulvo sólido;
tigrado sólido (brindle);
branco sólido;
pied (malhado simétrico): branco predominante com marcações simétricas de uma das cores admitidas;
Piebald (malhado assimétrico): branco predominante com marcações assimétricas de uma das cores admitidas;
Qualquer uma das cores admitidas predominando sob marcações brancas.

Bulldog cor de fígado, ou negro foca, ou black and tan, negro predominante com marcações tricolor, quaisquer tipos de negros, sejam sólidos ou não, são cães de cores indesejáveis e excluídas pelo standard.

Os bulldogs negros e os nas cores cinza rato e cinza metálico (cor de Weimaraner) são altamente indesejáveis e desvalorizados – nesses casos recai suspeita de mistura de raças, mestiçagem com as raças: pug ou bulldog francês. Quem oferece bulldog negro/ cinza/ cor de fígado e suas matizes tenta "vender gato por lebre" se não informar ao interessado que o animal oferecido é de baixíssima qualidade, desvalorizado e impróprio para reprodução por ser portador de cor defeituosa, fora das especificações ditadas pelo standard da raça e claramente descrita como indesejável.

Simetria nas cores e cores em assimétricas - as cores PIED e PIEBALD:

O "pied" é a pelagem despigmentada (o branco) de forma predominante e sobreposta por alguns ou por vários retalhos de outra cor admissível (vermelho, castanho, tigrado ou leonado) sendo as marcações de outras cores distribuídas em forma simétrica; Exemplo: bulldog branco com máscara negra.

O "piebald" é a pelagem com a mesma descrição acima, sendo que as marcações estão sobrepostas no manto branco em forma assimétrica. Exemplos: bulldog branco com marcação vermelha e/ou tigrada abrangendo apenas uma face, e/ou ao redor de uma orelha, e/ou marcação negra ao redor de um olho (pirata); Bulldog branco com várias marcações de formas irregulares e de tamanhos diversos assimetricamente sobrepostos no branco predominante.

Considera-se pied ou piebald o bulldog predominantemente branco com o manto composto por marcações em vermelho, fulvo, amarelo leonado ou tigrado. O branco sólido caracteriza um animal destituido de qualquer pigmentação NOS PÊLOS e não deve ser confundido com as cores pied ou piebald. O bulldog branco sólido obrigatoriamente deve apresentar o nariz inteiramente pigmentado de negro e os olhos de tonalidade bem escura.

A simetria de cores será sempre um fator de valorização, já que o conceito de beleza passa sempre pela simetria, e nas cores não poderia ser diferente. No entanto o bulldog com cores em assimétricas será mais valorizado se detiver uma belíssima aparência geral constituída por fenótipo de alta qualidade, sendo portador das virtudes descritas no padrão da raça. Nesse caso, comparativamente, sua beleza estética sobrepuja a do cão da mesma raça portador de manto em cores que se encontram simétricas, cuja aparência geral esteja desprovida dos atributos qualitativos presentes no fenótipo do bulldog com cores em assimétrica.

Por isso não compre GATO por LEBRE: Alguns indivíduos desinformados que apresentam-se como "criadores da raça", de fato iniciam a criação de bulldog sem se aprofundar no estudo do padrão racial, são de fato inocentes úteis usados por espertalhões que lhes oferece "gato por lebre". Se o indivíduo conhece o padrão da raça e tem ciência que o negro é cor indesejável, age de má fé se preferir distorcer a verdade ou ocultar a realidade do standard apenas para obter lucro fácil iludindo terceiros aproveitando-se da falta de informação para oferecer ao público bulldogs de cor indesejável (negro e cor de fígado) apresentando-os como se fossem raridades.

De fato o cão out-breed é um cão desvalorizado porque tem alguma característica que o torna IMPERFEITO e por isso ele não representa a raça e por isso deve ser rejeitado para reprodução.

A maioria dos criadores de cães da raça bulldog têm compromisso com o standard oficial da raça e cria a raça com seriedade selecionando-a com o objetivo de preservar as qualidades descritas no padrão da raça, portanto quem intencionalmente seleciona e reproduz bulldogs negros não pratica a criação da raça, apenas pratica a reprodução danosa e especulativa, ou seja, está cometendo um desserviço à raça bulldog e ilude o público ao oferecer filhotes de bulldog "fora do padrão" como se fossem raridades. A especulação no mercado visa atingir o público desinformado para obteção de lucro fácil.

Via de regra, antes de comprar "gato por lebre", o interessado em adquirir um filhote de bulldog deve ter em mente que bulldogs negros são altamente desvalorizados. Esses Bulldogs são rejeitados para reprodução por parte dos criadores sérios e comprometidos com a perpetuação das características do bulldog original descritas no padrão oficial.

Um bulldog na cor tigrada "tonalidade bem fechada", ou seja, um tigrado bem escuro, pode parecer ter pelagem de cor negra quando é mal examinado; No entanto os bulldogs de cor tigrado bem escura são cães que atendem exigências do padrão racial quando verificado que na pelagem existem raias negras. As raias podem estar presentes em maior ou em menor destaque sobre o fundo de cor admissível (vermelho, leonado, castanho ou fulvo), o importante é que sejam identificáveis - o que não ocorre no bulldog cor negro. Quando é impossível ser constatada a presença de raias negras sobrepostas ao fundo de outra cor admissível, então trata-se realmente de bulldog de cor negra que, segundo critérios utilizados na elaboração do padrão da raça trata-se de cor ALTAMENTE indesejável. Fique de olho e não se deixe enganar! Não compre gato por lebre!



Acesse Seção de filhotes disponíveis para venda dos canis associados e veja os vídeos desses filhotes
no facebook Bulldog Club do Brasil logo, através de visita às páginas pelos links abaixo relacionadas


Autor BCB NEWS
em 17/6/2007

Links relacionados:
Relação dos Canis que no momento estão com ninhadas disponíveis.

FILHOTES BCB - FACEBOOK VÍDEOS DE FILHOTES DO BULLDOG CLUB DO BRASIL
FILHOTES BCB - FACEBOOK VÍDEOS DE FILHOTES DO BULLDOG CLUB OF BRAZIL